Torne o Motorista seu Aliado

February 6, 2019

A gestão de frotas não se trata apenas da gestão de indicadores operacionais como custo por quilômetro, quilometragem percorrida, dados de manutenção, multas e consumo de combustível. O gestor de frotas é, acima de tudo, um gestor de pessoas. É fundamental para o gestor ter bom relacionamento com os motoristas e guiá-los dentro das normas e padrões de direção da empresa, identificando problemas e necessidades que ao serem atendidas permitirão uma melhor execução do trabalho.

 

Condutas irregulares desses motoristas podem acarretar problemas graves no desempenho da empresa, tanto nos custos quanto na imagem. Neste post apresentaremos algumas dicas de como melhorar a performance  e reduzir os impactos negativos da sua equipe de motorista.

 

 

IMPACTOS DE CONDUTAS IRREGULARES

 

- Impacto na imagem da empresa: A maioria dos veículos de frota possui uma identificação, plotagem, com dados da empresa. Desta forma, o modo inadequado de direção do seu motorista será associado à imagem da empresa pelas pessoas que circulam nas ruas, criando uma imagem negativa para elas. Além disso, motorisas que dirigem de modo imprudente tem maior chance de se envolver em acidentes, o que também afetará o nome da empresa.

- Impacto nos resultados: A direção fora dos padrões ótimos recomendados também afeta diretamente os resultados da empresa.

 

Acelerações, curvas e frenagens bruscas tem impacto direto na vida útil de peças e componentes mecânicos do veículo, de modo que, a direção imprudente do motorista resulta em um maior custo com manutenção e menor vida útil do veículo. Pneus, que representam parcela significativa do custo operacional de uma frota (aproxidamente 18%), se desgastam muito mais rapidamente e o consumo de combustível também se eleva.

 

Outro ponto a se observar é o RPM. Dirigir com o RPM do veículo muito elevado impactará diretamente no consumo de combustível. Como combustível e pneus representam mais de 20% dos custos operacionais de uma frota os resultados financeiros são prejudicados pela direção incoerente.

 

Por último, existe o impacto financeiro relacionado a avarias e multas, bem como o custo de oportunidade com possíveis negócios perdidos devido a indisponibilidade de veículos na frota.

Para reduzir esses impactos é preciso educar os motoristas na direção segura, defensiva e econômica, de modo que ele conduza o veículo da forma mais eficiente possível dentro do trajeto planejado.

 

Porém como fazer isso?

TREINE OS SEUS MOTORISTAS

 

O treinamento dos motoristas em mecânica veicular, leis de trânsito, política de direção da empresa e direção defensiva é essencial. É muito importante educar e alertar os colaboradores sobre os riscos à segurança e os impactos do modo incoerente de direção para a vida deles e para a organização.

 

Esses treinamentos são importantes para remover hábitos ruins de direção e explicar as possibilidade de econonomia que podem ser geradas pela direção defensiva.

 

O treinamento também serve como elemento motivacional ao motorista, mostrando que a empresa confia nele e deseja que ele se desenvolva pessoal e profissionalmente, assuminido maiores responsabilidades.

 

MONITORE O DESEMPENHO

 

É fundamental acompanhar de perto o trabalho de cada colaborador, monitorando os indicadores de performance para saber quais estão dando o melhor resultado e quais são os problemas enfrentados pela equipe que precisam ser resolvidos.

 

Sistemas de telemetria e rastreamento são grandes aliados do gestor de frotas para esse monitoramento pois, fornecem todas as informações necessárias para que ele avalie e tome as decisões mais assertivas. Algumas informações importante são:

 

- Histórico de viagens;

 

- Quilometragem percorrida;

 

- Veículos utilizados;

 

- Multas e sinistros;

 

- Documentação e treinamentos;

 

- Tipo de cargas já transportadas.

Essas informações fornecem ao gestor uma visão completa sobre o motorista e permitem identificar os problemas enfrentados por cada um e quais são as suas necessidades para que possam desempenhar melhor o seu trabalho.

 

PREMIE OS MELHORES MOTORISTAS

 

Os dados de telemetria permitem ao gestor avaliar quem são os melhores motoristas.

É importante valorizar aqueles que apresentam maior desempenho, portanto, premie os motoristas melhores e crie ações para a reciclagem dos motoristas que apresentam os piores desempenhos.

 

Isso irá incentivar os colaboradores a se tornarem melhores!

 

 

CONCLUSÃO

 

O gestor de frotas deve estar atento aos seus motoristas, acompanhando de perto o seu trabalho, buscando entender as suas necessidades e como tornar o trabalho deles melhor pois, o modo de direção é um elemento fundamental na gestão de frotas e tem alto impacto na orgaização.

 

O modo de condução afeta diretamente a imagem e os custos da empresa, portanto, deve ser aprimorado sempre, premiando os melhores e elaborando estratégias de treinamento para os que ainda apresentam maus hábitos no trânsito.

 

Henrique Lima é Cofundador e Diretor Financeiro da Interakt com formação acadêmica na Universidade Federal da Bahia e University of Sheffield e experiência profissional na Bosch.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como funcionam os rastreadores veiculares?

January 19, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes

September 28, 2018